Vigilância da saúde captura escorpiões amarelos no Centro Histórico de Porto Alegre

2 min. leitura
foto 02 - Pragas e Eventos

Segunda captura do ano, caça sete animais

Os  agentes da Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), acompanhados por agentes de combate a endemias (ACES) e de funcionários do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae), capturaram cinco escorpiões amarelos vivos e dois mortos em ação no Centro Histórico de Porto Alegre na noite de quarta-feira.  Os locais alvo da atividade foram as imediações da   Praça Dom Feliciano,  rua dos Andradas, Doutor Flores, Senhor do Passos, Pinto Bandeira, Otávio Rocha. A caça começou às 19h30min e  terminou às 21h45min,  totalizando 43 caixas de esgoto abertas em busca do escorpião amarelo.

A  chefe da Unidade de Vigilância Ambiental (UVA), Roxana Nishimura, atribuiu o baixo número  de animais coletados a dois fatores. “Na semana passada, fizemos uma caça, o que já deve ter reduzido a presença de animais. E choveu na terça-feira, o que acabou levando material de algumas caixas”, explicou . Na primeira caçada do ano, há uma semana,  foram capturados onze escorpiões vivos, um morto, seis visualizados e não capturados e 21 caixas foram abertas.

escorpiao 01 - Pragas e Eventos
Foto: Ricardo Giusti

A gestora explicou que nesta caça foi adaptado um equipamento para permitir o acesso aos animais que estão no fundo. “Foi uma  invenção dos colegas do Núcleo de Fiscalização Ambiental, onde adaptaram uma rede utilizada para coleta de larvas de mosquito para esse extensor e deu certo”, esclareceu.

A próxima caçada está prevista para o começo de fevereiro. 

Compartilhar
Leave a comment